VEM AI ANUNCÍA SOM - PROPAGANDA DE RUA MAIS UMA OPÇÃO EM NOSSAS MÍDIAS 9 99556232- ANUNCÍA SOM, ANUNCÍA SOM ... EM BREVE ATENÇÃO COMERCIANTES ANUNCIAR SEU PRODUTO É COM A GENTE....

SES inicia distribuição de kits informativos e preservativos para a Campanha de Carnaval 2018

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul iniciou a entrega dos kits informativos e preservativos para os municípios do estado direcionados para a Campanha de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) no Carnaval. O Programa Estadual de DST/AIDS e Hepatites Virais disponibilizará cerca de 20 mil abanicos, 10.000 mil porta-preservativos/ porta-celulares e 10.000 mil flyers informativos para os 59 municípios que não recebem incentivo financeiro federal para as ações de IST/AIDS e Hepatites Virais. O kits poderão ser retirados pelos municípios no Programa Estadual de DST, localizado na Rua Delegado Osmar de Camargo, em frente à Acadepol.

Além dos materiais gráficos, os 79 municípios tem disponíveis preservativos femininos e masculinos e gel lubrificante para ações durante a campanha e testes rápidos previstos pelos municípios, que ficarão encarregados da programação das ações preventivas. Para a campanha deste ano, o tema será voltado a queda do dito popular de que “essas coisas não acontecem comigo” ou que Infecções Sexualmente Transmissíveis são relacionadas aos grupos de risco.

De acordo com a SES/MS, nos últimos anos a geração com idade entre 15 a 24 anos são as mais vulneráveis para contrair Doenças Sexualmente Transmissíveis pela despreocupação com os vírus e principalmente com o uso do preservativo. No caso da AIDS, mesmo com os chamados medicamentos antirretrovirais (que não eliminam o HIV, mas ajudam a controlar a infecção e evitar o enfraquecimento do sistema imunológico) a prevenção não pode ser deixada de lado. A AIDS deve continuar sendo temida e evitada, por ser uma doença fatal e não ter cura.

Além da AIDS, a Sífilis também vem registrando novos casos nos últimos anos. A doença já se transformou em um grave problema de saúde pública, sendo importante que a população seja conscientizada de sua magnitude e adote as medidas preventivas como o uso de preservativos nas relações sexuais. Em um comparativo de 2016 a 2017, a AIDS registrou 1.043 casos notificados no ano passado e em 2017: 1.725 apresentando um aumento de 64% no número de casos notificados de um ano para o outro.

No Brasil a cada quatro infectados com HIV/AIDS, 03 são do sexo masculino e apenas 01 do sexo feminino, concentrado em sua maioria entre 15 e 39 anos de idade (Dados: Boletim epidemiológico – HIV/AIDS 2016- Ministério da Saúde). Foi observada uma queda nacional na taxa de detecção do número de casos de HIV/ AIDS em mulheres, reforçando a masculinização da epidemia nos últimos 05 anos. No ano de 2016 foram notificados 1.043 casos de HIV/AIDS no Estado, já no mesmo período de 2017 foram inseridos no sistema do SINAN 1.725 casos novos de HIV/AIDS, destes 64,4% (1.115) concentram-se em jovens com idades entre 15 e 39 anos, destes 65,5% (1.131) são do sexo masculino.

Jefferson Gonçalves – Secretaria de Estado de Saúde (SES)

Foto: SES
07/02/2018

 

Participe da Enquete
VOCÊ COSTUMA FAZER COMPRAS PELA INTERNET?
SIM
NÃO
AS VEZES
NÃO SEI RESPONDER
:: Mais Lidas ::

Varias ações vem sido tomada pelo Estado e a sociedade civil...

A AUTORA ESCREVE TODOS OS GÊNEROS O QUE FAZ A DIFERENÇA. ...

Foto: News de RV Na manhã desta terça-feira (26), em ...

Foto: Reprodução Facebook Com um trabalho de reorgani...

Fotos: Reprodução A assistente social Aline Loubet da...

NEWS DE RV - Primeiro Site de Notícias de Rio Verde
Telefones: (67) 99955-6232 / (67) 99695-2991 / 3292-4134

Todos Direitos Reservados - www.newsderv.com.br Desenvolvido por
Sitedaempresa